Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Olhos de cristal

Dizem que sorrio com os olhos, falo pelos cotovelos e meto os pés pelas mãos. Em mim a anatomia não faz o menor sentido. Gosto de ler um toque, de observar com o coração e caminhar com os pés da imaginaçao

Olhos de cristal

Dizem que sorrio com os olhos, falo pelos cotovelos e meto os pés pelas mãos. Em mim a anatomia não faz o menor sentido. Gosto de ler um toque, de observar com o coração e caminhar com os pés da imaginaçao

O que eu faço com toda essa tristeza e desespero?

19.02.18 | Olhos de cristal frio

62.jpg

 

 

A vida pode ser difícil. Tem dias que nada faz sentido, que dá uma vontade de desistir de tudo, de nós mesmos, dos outros, do mundo... Quando nos vamos enchendo de cicatrizes que parecem nunca sarar por completo, a vida fica pesada e quanto mais a pensamos mais nos afundamos e sufocamos. Parece complicado, parece impossível. 

 


As horas passam, o dia acaba mas as nossas paranoias permanecem. É difícil acreditar num amanhã melhor quando tudo o que nos acontece, quando todos os pensamentos que nos assolam são cinzas. O que fazer pra abrandar isso? Onde conseguir esperanças quando dentro de ti não existe resquícios de pensamentos positivos? O que eu faço com toda essa tristeza e desespero? Como posso me ver livre dos meus fantasmas? Como posso vencer tudo isso? Eu posso vencer? Ou essa luta eu já perdi?

 

 

Não perdi a luta. Apenas levantei a cabeça, e mesmo com chuva nos olhos segui. Pode ser difícil acreditar num amanhã melhor. Mas se eu não acreditar e não lutar, ninguém fará isso por mim. Então mesmo que a luz no fim do túnel esteja apagada, eu levanto, lavo o rosto e enfrento. A vida segue em frente, resta seguir. E os olhos... nunca nos atraiçoam...

-Sofia Faria