Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Olhos de cristal

Dizem que sorrio com os olhos, falo pelos cotovelos e meto os pés pelas mãos. Em mim a anatomia não faz o menor sentido. Gosto de ler um toque, de observar com o coração e caminhar com os pés da imaginaçao

Olhos de cristal

Dizem que sorrio com os olhos, falo pelos cotovelos e meto os pés pelas mãos. Em mim a anatomia não faz o menor sentido. Gosto de ler um toque, de observar com o coração e caminhar com os pés da imaginaçao

Comecei a dizer adeus às pessoas que me sugam a paciência

06.04.18 | Olhos de cristal frio

219.jpg

 

As pessoas esquecem-se dos seus telhados de vidro e deliciam-se a atirar pedras no telhado do vizinho, quando o feitiço vira contra o feiticeiro, lamentam ou irritam-se, sentem-se injustiçadas e maltratadas.
Todos cometem erros, então com certeza a tua hora vai chegar.
A falta de bom senso impera nestes casos tão corriqueiros do nosso dia a dia.
Massacramos quem comete erros, ou até mesmo quem discorda das nossas opiniões mas, quando a situação é inversa...
Logo arranjamos dezenas de desculpas, de justificativas, ficamos magoados se recebemos alguma punição ou crítica e, julgamos quem não nos perdoa.
Vem a conversa:"Fiz isto porque estava desequilibrado..." ou: "Foi engano, não tinha a intenção!", "Não me perdoaram, que pessoas sem coração..." , mas, quando é com outros, o discurso muda.
Se desejamos tolerância, sejamos tolerantes, se queremos que a justiça funcione, não queiramos também excepções, se queremos o perdão, vamos perdoar, respeitar para ser respeitado, agora se é da tua natureza ser radical, então aguenta quando o chicote vier na tua direcção por merecimento.
 
Se cometeres um erro, aceita as consequências, sê forte, íntegro, segue em frente e melhora como pessoa, e quando um semelhante cometer o mesmo erro, pensa bem, aje como gostarias que agissem contigo, porque não tenhas dúvidas, a Lei de acção e reacção é poderosa, e ninguém está livre de nada nesta vida.
 
 
 
A lei de ouro do comportamento é a tolerância mútua, já que nunca pensaremos todos da mesma maneira, já que nunca veremos senão uma parte da verdade e sob ângulos diversos.

 
 
 
Leia também: