Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Olhos de cristal

Dizem que sorrio com os olhos, falo pelos cotovelos e meto os pés pelas mãos. Em mim a anatomia não faz o menor sentido. Gosto de ler um toque, de observar com o coração e caminhar com os pés da imaginaçao

Olhos de cristal

Dizem que sorrio com os olhos, falo pelos cotovelos e meto os pés pelas mãos. Em mim a anatomia não faz o menor sentido. Gosto de ler um toque, de observar com o coração e caminhar com os pés da imaginaçao

Miguel Bombarda, a rua com mais arte no Porto

22.03.18 | Olhos de cristal frio

204.jpg

 

Que Portugal seja o país mais na moda da Europa é algo que há muito se fala, e como não existe país da moda, sem cidade da moda e sem um bairro elegante, hoje vou falar de Miguel Bombarda, a rua com mais arte no Porto.

A Rua Miguel Bombarda tem 650 metros em que respira cultura, gastronomia e especialmente arte. A vanguarda da cidade e quase do país estão em cada calçada, em cada parede e atrás de cada porta.

 

A rua da arte

205.jpg

 

Uma das razões para a Rua Miguel Bombarda ser a rua com mais arte no Porto: é a rua com mais galerias de arte na Europa. Nem mais nem menos que vinte, o que é uma figura muito alta. Por exemplo, uma das favoritas é a Ó! Galeria, onde pode encontrar o melhor da ilustração portuguesa a preços muito acessíveis e justos. Tudo o que precisa é paciência e estar disposto a gastar dinheiro. Mas também tem a Arthobler, Serpente, Trindade, Presença, Quadrado Azul ou Artes Solar Santo António. Existe um vasto repertório de galerias para escolher.

 

É arte na rua

206.jpg

 

Na Rua Miguel Bombarda a arte não é apenas atrás das portas das galerias, pode encontrá-la em cada uma das paredes onde há um grafite espetacular, como este icónico Don Quixote e Sancho Pança.

Mas não são apenas desenhos nas paredes, tornam-se arte viva quando combinados com espécies de plantas. Um grafite de um hipster barbudo é mais arte se a barba for feita de grama, se estiver viva.

 

Gastronomia e Diversão 

208.jpg

 

Temos arte no interior e arte no exterior, mas não há bairro ou rua da moda em todo o mundo que não esteja ligado à indústria da hospitalidade também. Se puser o na Rua Miguel Bombarda, terá uma paragem obrigatória na Rota do Chá, um belo edifício de três andares com salão de chá, restaurante e loja, com atmosferas diferentes e um olhar romântico e colonial, se gosta de chá, nunca mais vai querer sair. Ou pelo menos até experimentar alguns dos 300 chás que eles têm.

 

 

209.jpg

 

Há também um local para a gastronomia típica, como as francesinhas ou a reinvenção do bacalhau em Bugo, ou os bolos em Pimenta Rosa, que fica no jardim do Centro Comercial Miguel Bombarda.

A música é apreciada no Hard Club, que é um antigo mercado de suprimentos com um programa completo de "techno", rock e "hip hop". Você também pode visitar a Casa da Música.

Alojamentos com encanto

203.jpg

 

Ficar no Miguel Bombarda é fazê-lo no Gallery Hostel Porto, um edifício de 1906 que continua a manter o espírito de uma casa típica. Nas suas paredes, expõe-se a arte que embeleza ainda mais o edifício e o seu restaurante serve comida típica portuguesa. A outra acomodação icónica na rua da moda é a Pensão Favorita, que tem muito pouca de pensão e muito de hotel cheio de charme.

 E fazer compras

210.jpg

 

Terminamos com as compras, com aquelas lojas nas quais pode adquirir objetos de decoração que nunca soube que precisava,  roupas, porque se quer estar na moda, na Miguel Bombarda encontra tudo para renovar o seu guarda-roupa.

 

Leia também:

 

 Imagens:global news, reddit.com. porto.pt

Aprendi com os erros, que só somos felizes quando tentamos

22.03.18 | Olhos de cristal frio

207.jpg

 

Estamos num momento de felicidade pura quando temos aquela sensação que naquele instante, naquele lugar, a vida é perfeita, que não queremos que nada mude, que nada aconteça mais, que aquele segundo não acabe. que naquele momento estamos a viver um instante de vida que vale a pena ser vivida.

Para mim, a lógica é que na vida, o que nos faz feliz é a soma desses pequenos momentos - porque sim, não é possível viver assim em contínuo.

As sete maravilhas de Portugal que deveria conhecer

22.03.18 | Olhos de cristal frio

194.jpg

 

Portugal é um dos melhores destinos turísticos do mundo. Portugal tem sete maravilhas que todos nós devemos visitar pelo menos uma vez na vida. A eleição das Sete Maravilhas de Portugal aconteceu há mais de dez anos, mas é sempre um bom momento para conhecê-las.

196.jpg

 

A eleição das Sete Maravilhas de Portugal foi uma iniciativa organizada pela Y & R Brands S.A. e executar S.A. A eleição foi apoiada pelo Ministério da Cultura e baseou-se em 793 monumentos nacionais classificados pelo IPPAR (Instituto Português do Património Arquitetónico).

Primeiro, uma seleção foi feita e a lista foi reduzida a 77 monumentos. Então, uma segunda seleção aconteceu onde os 21 monumentos finalistas vieram. Para escolher os lugares vencedores, uma votação foi feita via telefone, internet e sms (durante sete meses) entre os portugueses. Em julho de 2007, os resultados e os vencedores foram publicados.

 

As 7 maravilhas de Portugal

198.jpg

 

Castelo de Guimarães (Distrito de Braga)

O Castelo de Guimarães está localizado em Guimarães. Este castelo foi construído por Mumadona, condessa galega, em 968, para que a população portuguesa pudesse refugiar-se dos ataques dos vikings, assim como dos muçulmanos. Mais tarde, outro edifício maior e mais sólido foi encomendado, que é o germe do complexo defensivo que vemos hoje.

O castelo está ligado a uma forte história militar; Até ao final do século XIV, o castelo de Guimarães assistiu a combates heróicos. Com a chegada de novas armas, o castelo permaneceu sem uso. Na primeira metade do século XX foi cuidadosamente restaurado, recuperando todo o seu esplendor e beleza.

 

199.jpg

 

Castelo de Óbidos (Distrito de Leiria)

O Castelo de Óbidos está localizado na bonita vila medieval de Óbidos. Este castelo é uma fortificação medieval portuguesa clássica que foi erguida no século XII numa pequena colina. O Castelo de Óbidos caracteriza-se pela mistura de vários estilos: manuelino, barroco, românico, gótico ...

O mais impressionante do castelo são as suas muralhas, algumas delas atingem até 13 metros de altura. No século XVI, o castelo foi transformado em palácio.

 

200.jpg

 

Mosteiro da Batalha, Batalha (Distrito de Leiria)

O Mosteiro da Batalha é um dos monumentos Potugueses mais impressionantes. Seu nome oficial é o Convento de Santa Maria da Vitória e é reconhecido como Património Mundial pela UNESCO. O mosteiro abriga o conjunto mais espetacular de vitrais medievais em Portugal.

O mosteiro levou dois séculos para ser construído, começou em 1386 e foi concluído em 1517.

 

201.jpg

 

Real Abadía de Santa Maria de Alcobaça, Alcobaça (Distrito de Leiria)

O mosteiro de Alcobaça é conhecido por ser a primeira obra gótica construída em solo português. Sua construção começou em 1178 pelos monges da ordem de Cister. Em 1989, foi declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Vários membros da realeza portuguesa estão enterrados no interior do mosteiro.

 

197.jpg

 

Mosteiro dos Jerónimos, Lisboa

O Mosteiro dos Jerónimos é uma visita essencial em Lisboa. Está localizado no distrito de Belém e é um antigo mosteiro da Ordem de São Jerónimo. Tem um estilo manuelino e é obra do arquitecto Juan de Castillo. O mosteiro dos Jerónimos foi declarado Património Mundial pela Unesco em 1983.

Os túmulos de Vasco da Gama, Luís de Camões e Fernando Pessoa estão localizados no mosteiro.

 

195.jpg

 

Palácio Nacional da Pena, São Pedro de Penaferrim (Sintra)

O Palácio Nacional da Pena é um dos monumentos mais espetaculares de Portugal. Localiza-se na freguesia de São Pedro de Penaferrim na cidade de Sintra. Este palácio foi uma das principais residências da família real portuguesa durante o século XIX.

O palácio está localizado em duas grandes rochas e mistura diferentes estilos arquitetónicos que vão do estilo neo-gótico ao neo-renascentista ou romântico. Em 1995, foi declarado Património da Humanidade pela Unesco.

 

202.jpg

 

Torre de Belém, Lisboa

A Torre de Belém é uma visão essencial se passar por Lisboa. É uma construção militar de Francisco de Arruda e Diogo de Boitaca, e é um dos exemplos mais representativos (e famosos) da arquitetura manuelina.

Quando parou de servir como uma defesa para os invasores, foi usado como prisão, farol e como um local para coletar impostos para entrar na cidade. Uma das belezas da Torre de Belém é a sua localização na foz do rio Tejo. Se passar, experimente os famosos pastéis de Belém.

 

Leia também: